Destaques

INACREDITÁVEL - Crítica


INACREDITÁVEL

SINOPSE: após denunciar um abuso sexual, uma garota é desacreditada pela polícia e acusada de prestar falso testemunho. No entanto, quando duas detetives começam a investigar uma série de estupros, a história contada por Marie não parece assim tão absurda.

CRÍTICA: baseada num artigo sobre um caso real, a mais nova minissérie da Netflix busca abordar temas delicados - a violação de mulheres e seu posterior descrédito - de uma maneira a compactuar com a realidade angustiante da falta do senso de segurança, do trauma e da carência de credibilidade prestada à mulheres. Com um primeiro episódio poderoso, que acompanha intimamente Marie Adler no início de sua silenciada história, Inacreditável externaliza todas as inseguranças sociais que deseja alfinetar.

Quando engrena na investigação, Inacreditável aumenta ainda mais o seu potencial enquanto drama. Tal fato dá-se, especialmente, pelas excelentes atuações que vemos em tela, Toni Colette e Merritt Wever, além de terem uma gigantesca química dentro de cena, sozinhas chamam a atenção também. Suas personagens apresentam uma riqueza narrativa de personalidades contrárias - um clichê do gênero -, mas que opera de forma adequada na trama. E é aqui que vemos também o grande peso que um bom roteiro tem, tendo em vista que, quando abre espaço para o protagonismo das detetives, a história de Marie poderia ficar monótona e repetitiva, mas não é o que acontece.

Apesar do grande roteiro, Inacreditável ainda comete certos equívocos na hora de compor a sua história, especialmente em momentos finais. Ainda que haja um expansivo sentimento de liberação em sua conclusão, vinda com uma chamada telefônica, o ar otimista que o show buscou passar teria um peso ainda maior com a abrangência do final de Marie, isto porque o seu alívio soou incompleto, tendo em vista o tanto que perdeu ao longo do tempo, o perdão que buscou deveria vir de forma mais ampla. A direção, por sua vez, também não arrisca e, em determinados momentos, opta por planos equivocados para abstrair todo o drama de seus personagens.

Nota: 🌟🌟🌟🌟
Por: @criticasdaval
Disponível Netflix 🍿

Nenhum comentário