Destaques

HISTÓRIA REAL| Zodíaco - Crítica


HISTÓRIA REAL| Zodíaco

Em 2007 chega aos cinemas um dos grandes suspenses de David Fincher: Zodíaco. O filme narra os eventos que assombraram as cidades de Vallejo e San Francisco causados por um serial killer que se autointitulou de Zodíaco.

PEQUENOS SPOILERS À FRENTE

Assim como no filme de Fincher, a verdadeira identidade do assassino permanece desconhecida. A polícia investigou mais de 2500 suspeitos, entre eles um dos mais populares: Arthur Leigh Allen. Leigh, como mostrado no longa, usava um relógio com o símbolo do assassino e que tinha como marca o nome “Zodiac Sea Wolf”. Mas não foi um mero relógio que tornou Leigh o principal suspeito, o tamanho de suas luvas, de seus sapatos, catálogos para construções de bombas encontrados em seu porão (Zodíaco ameaçou colocar uma bomba em um ônibus escolar) e ter supostamente comentado sobre o modus operandi do próprio assassino (antes mesmo deste vir a existir) fez com que todos os olhos ficassem voltados para ele, além de seu histórico violento: Leigh fora condenado por molestar crianças. Apesar disso, fora descartado em razão do DNA nas cartas não bater.

Fincher fez um excelente trabalho ao encenar os eventos reais causados pelo Zodíaco: a mulher com um bebê que escapou de seu tenebroso fim ao pular do carro do homem; após o assassinato do taxista, policiais realmente viram o Zodíaco, mas o ignoraram por ser um homem branco; O serial killer realmente enviava cartas em códigos e pedaços de roupas de suas vítimas para o jornal San Francisco Chronicle e para a policia, desafiando-os. Após provas circunstanciais novamente colocarem Leigh na lista de suspeitos, Graysmith (escritor do livro), realmente foi até uma loja de informática confrontar Leigh olhando-o nos olhos. O suspense mostrado na visita de Graysmith à casa de um amigo de um dos suspeitos é real e ele realmente ouviu pegadas no andar de cima. Graysmith de fato destruiu seu casamento ao tornar-se obcecado em escrever o livro sobre o serial killer. E Leigh morreu de um ataque cardíaco após a polícia informa-lo que passaria em sua casa, quando voltou a ser o principal suspeito.

Por: @criticasdaval
Disponível Netflix 🍿

Nenhum comentário