Destaques

F.R.I.E.N.D.S (6° Temporada, 1999-2000) - Crítica


F.R.I.E.N.D.S (6° Temporada, 1999-2000)

SINOPSE: Seis amigos enfrentam a vida e os amores em Nova York, passando o tempo livre na cafeteria Central Perk. Maratona de críticas por temporada!

CRÍTICA COM SPOILERS: Para uma série de 10 temporadas batizadas em uma mesma forma, é natural que uma decaída ocorra em algum momento. A 6ª temporada não consegue disfarçar a falta de criatividade na orquestração de intrigas narrativas mais únicas, dependendo de algumas situações isoladas funcionais para justificar sua existência, preenchendo o foco em firulas ou decisões mais arbitrárias segundo o agrado do público. 

A enrolação reside muito em Ross e Rachel, há pelos menos 3 possíveis retornos que se resolvem da mesma maneira, deixando-os em “stand by”. Por mais que a manipulação de expectativa funcione, falta senso consequencial evolutivo, o que torna essas repetições exaustivas. Contudo, ainda são os dois que rendem os melhores momentos da temporada, como no arco da ilustre participação de Bruce Willis, dentre outros episódios isolados muito engraçados do Ross, como o dos dentes, Unagi e aquele que ele fica “doidão”.

O que deveria ser o foco, que é a relação de Chandler e Monica, acaba ficando a dever também pelas resoluções pouco corajosas. Existe princípios dramáticos eficientes tanto para o arco deles morarem juntos, tanto para o arco do pedido de casamento, mas que acabam indo para o caminho mais bonitinho e ordinário dentro da estrutura sitcom. O que é frustrante, pois normalmente a serie costumava proporcionar intrigas mais complexas para justamente fermentar seu aspecto social atemporal que a faz ser discutida até hoje. 

Ademais a temporada cria enrolações ainda mais graves, há uma sequência de dois episódios que reimaginam os amigos caso determinados elementos do passado não mudassem, que são completamente avulsos e mal encaixados com os demais. Pior que esse, existe um episódio apanhado de momentos avulsos, sem conexão arbitrária de outras temporadas, o cúmulo da falta do que preencher. É a temporada mais insossa de “Friends” até agora, pelo menos em termos comparativos.
.
Nota: 🌟🌟🌟
Por: @criticascomijpl
Disponível Netflix 🍿

Nenhum comentário