Destaques

F.R.I.E.N.D.S (5° Temporada, 1998-1999) - Crítica


F.R.I.E.N.D.S (5° Temporada, 1998-1999)
.
SINOPSE: Seis amigos enfrentam a vida e os amores em Nova York, passando o tempo livre na cafeteria Central Perk. Maratona de críticas por temporada!
.
CRÍTICA COM SPOILERS: Nos constantes testes feitos pela última temporada, na tentativa de desvincular a narrativa de Ross e Rachel, um deles se tornou muito promissor, que é a formação de um novo casal dentro do grupo principal. Fatalmente, Chandler e Monica se repercutiu bem entre os fãs, dando brecha para os criadores adentrar num romance mais doce, meigo e oportunista pela improbabilidade.
.
Eles souberam muito bem aproveitar o gancho épico de Ross trocando o nome de Emily por Rachel, para sustentar o poderio dramático da temporada e poder transferi-lo gradualmente ao cômico, proporcionado pelo fator oculto do outro relacionamento a se formar. O início consegue entrecortar esses arcos muito bem, conseguindo ser inspirado em ambos. A respeito de Ross e Rachel, fica aquela aflição de sempre com resoluções previsíveis, mas nem tanto, o casal finalmente ganha um descanso.

Com o principal foco dramático resolvido, era hora de desenvolver a dinâmica do novo relacionamento. Por mais “fanfic” que seja esse romance, isso fica bem evidente quando se tenta estabelecer uma possível intenção da criação dele desde o início por flashbacks, os roteiristas tinham habilidade para contornar a desculpa em uma situação cômica promissora, pautada na reação dos personagens ao descobrirem o caso. Eles vão além e articulam a brincadeira mais ousada da série, no para muitos o melhor episódio dela: “Aquele que todos descobrem”.
.
Sem dúvidas esse é o auge cômico de Friends e da Phoebe, onde Lisa Kudrow finalmente tem seu timing cômico explorado ao máximo no falso joguinho de sedução entre ela e Chandler, que consegue se estender de forma surpreendente no fator emocional, e encerrar de forma espetacular. Em suma, essa é a temporada que melhor faz proveito cômico das situações isoladas que cria, além de ser a mais equilibrada em polos dramáticos e na distribuição de subtramas interessantes para cada personagem.
.
Nota: 🌟🌟🌟🌟🌟
Por: @criticascomijpl
Disponível Netflix 🍿

Nenhum comentário