Destaques

Sala Verde - Filme - Crítica

Sala Verde (2015)



SINOPSE: 
No fim de uma turnê fracassada, uma banda de punk rock topa fazer um show num clube rural isolado, mas descobre que seus anfitriões são neonazistas.


CRÍTICA: Green Room ou Sala Verde é aquele típico suspense simples porém muito eficaz. É importante ressaltar que ele possui aquele suspense bem Gore, portanto com bastante violência, porém diferentemente de outros "gore", aqui a violência não é exagerada, ela aqui possui um propósito, nada é forçado.
Outro acerto do longa é que o roteiro consegue humanizar muito bem os personagens principais, mesmo eles não contendo muitas camadas, conseguimos sentir empatia por eles pela situações que eles se encontram, isso também se justifica através das atuações bem naturalistas do elenco.
A fotografia também chama atenção, dando sempre o destaque a cor verde, seja destacando a mesma em objetos como tênis, guitarra, ou até mesmo nas paredes e cabelos, criando uma atmosfera diferente e bem psicodélica.
Sala Verde é um bom suspense, que consegue transmitir uma tensão muito forte para o telespectador, sendo portanto uma boa pedida para quem gosta desse estilo.

Nota - 🌟🌟🌟🌟 -

ESCRITO POR: @loadingseries 


- Disponível na Netflix ☑🎬

Nenhum comentário